domingo, 26 de agosto de 2007

Novo quiosque na Praia

Foi montado um novo quiosque na Praia da Lagoa de Albufeira. Esta nova construção dá um ar mais moderno ao local, mas obviamente que não chega para transformar a marginal da lagoa num local com um aspecto limpo.
É uma excelente ideia a construção deste quiosque onde se pode beber um café e comprar jornais e revistas, mas continuamos a aguardar que os passeios de madeira degradados ao longo da estrada sejam arranjados.
A Câmara de Sesimbra defende-se e afirma que esse trabalho é da responsabilidade do ICN e até agora continua tudo na mesma. Mais uma vez é o jogo do empurra neste país à beira mar plantado...
E o alargamento do parque de estacionamento? E a criação de alternativas ao trânsito caótico no acesso à praia? Também é responsabilidade do ICN?
Até hoje está tudo tal e qual como estava há 1 ano atrás e assim parece que vai continuar. O resultado é que os banhistas estão todos a optar por passar os dias de praia no Meco onde existem parques de estacionamento e restaurantes/cafés com condições. E assim lá continua a vidinha na magnífica Lagoa de Albufeira...

4 comentários:

Anónimo disse...

A bem da verdade informo que o quiosque não é propriamente destinado a beber café, nem sequer a comprar o jornal! Se não reparou é porque ainda não passou pelo local, a fotografia foi tirada de muito longe ...
O quiosque é mais uma das Bibliotecas de Praia da Câmara Municipal de Sesimbra, este ano pela 1.ª vez na Lagoa de Albufeira, onde pode efectivamente ler jornais, revistas e livros, bem como assistir a animações, tudo gratuito.

Joao Martins disse...

Obrigado pela correcção.
De facto confesso que ainda não passei muito perto do local (a foto foi-me fornecida por terceiros) e se assim é, peço desculpa pela informação errada. Todavia, no fundo na minha opinião acaba por ser uma excelente ideia a criação deste local.

Anónimo disse...

e realmente era o que fazia falta...
Em vez de darem uma de muito cultos para enganar os olhos de quem passa deviam era de uma vez por todas acabar com a palhaçada das Augis não roubando o dinheiro que tanto nos custa a ganhar e deitar mãos a um trabalho sério de conservação e planificação futura para que a Lagoa de Albufeira continue a existir, mas é mais importante urbanizar o que já estava urbanizado para ir vivendo á conta de cada lorpa que deixando o suor do seu trabalho nas mãos de alguns que se lembraram de viver a vida á conta dos outros e depois é o que se vê... nada.

Anónimo disse...

realmente è uma exelente ideia mas nao è tudo.